Belém sedia I Encontro de Comunicação Comunitária e Radiodifusão (Clipping)

Na próxima terça-feira, dia 12, Belém vai sediar o I Encontro de Comunicação Comunitária e Radiodifusão, onde serão apresentadas as normas do novo Plano Nacional de Outorgas (PNO) para a licenciatura de rádios comunitárias. O Encontro será conduzido pela Coordenação Geral de Radiodifusão Comunitária do Ministério das Comunicações e pela equipe do Projeto Biizu, da Diretoria de Comunicação Popular e Comunitária da Secom.

Durante o Encontro, a coordenadora geral de Radiodifusão Comunitária, do Ministério das Comunicações, Eliane Almeida, fará uma apresentação explicando todas as etapas do PNO e como podem ser feitas as solicitações para a criação de novas rádios no Pará. A Secom apresentará alguns resultados das jornadas de oficinas pelo Projeto Biizu, que foi criado em 2011 com o objetivo de incentivar, desenvolver e democratizar a comunicação.

As oficinas de aperfeiçoamento em diversas linguagens, como jornal impresso, audiovisual, mídias móveis, fotografia, desenho e rádio comunitária, são oferecidas gratuitamente a associações comunitárias, escolas e organizações da sociedade civil.

O Encontro também contará com a presença de autoridades locais, associações comunitárias e profissionais da área da comunicação, incluindo o Secretário de Estado de Comunicação, Daniel Nardin, e equipe do Projeto Biizu. “Trazer esse momento para o Estado sempre foi um objetivo nosso. Felizmente o Ministério das Comunicações está realizando esses eventos nos Estados e o Pará é um dos primeiros. A informação e a capacitação é o primeiro passo para avançarmos com o processo de democratização da comunicação”, destaca Nardin.

São esperados representantes dos 24 municípios paraenses que serão contemplados no novo Plano Nacional de Outorgas dos serviços de Radiodifusão.

Radiodifusão – A Radiodifusão Comunitária – RadCom é o serviço de radiodifusão sonora, em frequência modulada (FM), operado em baixa potência (25 watts ERP) e que tem por finalidade atender uma comunidade, a exemplo de uma vila, um bairro ou mesmo uma municipalidade de pequeno porte. A Radiodifusão Comunitária, por ser um serviço público, necessita de autorização do Poder Público, neste caso o Ministério das Comunicações, obtida ao final de um processo administrativo em que serão verificados os cumprimentos de todos os requisitos legais.

Todas as informações sobre esse processo estão na Cartilha de Radiodifusão desenvolvida pelo Ministério e que pode ser acessada no link: http://www.mc.gov.br/documentos/espaco-radiodifusor/cartilha-radcom-1.pdf

De acordo com o Ministério das Comunicações, as novas localidades no Pará a ser contempladas pelo PNO são Acará; Água Azul do Norte; Baião; Barcarena; Belém; Belterra; Breu Branco; Canaã dos Carajás; Curralinho; Goianésia do Pará; Itaituba; Itupiranga; Juruti; Marabá; Moju; Novo Repartimento; Óbidos; Ourém; Pacajá; Paragominas; Santarém; São Sebastião da Boa Vista; Terra Alta; Trairão.

Serviço: 

I Encontro de Comunicação Comunitária e Radiodifusão será nesta terça-feira, 12, das 8h às 13h na Estação Gasômetro (avenida Governador Magalhães Barata, 830, São Braz). Inscrições gratuitas a serem efetuadas no momento da recepção.

Texto: Danielle Franco – Secretaria de Comunicação

Saiu em “Blog Jornalistas do Pará”: http://jornalistasdopara.blogspot.com.br/2016/04/belem-sedia-i-encontro-de-comunicacao.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2018 Projeto Biizu. Todos os direitos reservados.
DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO REGIONAL E COMUNITÁRIA