Comunidade do entorno do Parque do Utinga recebe oficina do Projeto Biizu

Observar seu entorno e aprimorar o próprio olhar. Este é o princípio da oficina de fotografia ministrada pelo fotojornalista Sidney Oliveira, que desde a última segunda-feira, 5, está no Centro Comunitário da Comunidade Pantanal, no bairro do Curió-Utinga, onde 17 jovens participam do Projeto Biizu, que abriu assim suas atividades de 2018.

Com o foco direcionado para apresentar o Parque Estadual do Utinga aos moradores do seu entorno, a oficina está apresentando técnicas de fotografia tanto para o uso do celular quanto para câmeras profissionais. Além da teoria, os participantes têm atividades práticas dentro do Parque, trabalhando fotos artísticas que serão apresentadas em foto-varal no próximo dia 17 durante a abertura oficial do Parque.

Uma das participantes é a social mídia Ana Caroline Borges, de 23 anos. Ela conta que mesmo já fotografando há 11 anos nunca havia feito um curso. Essa foi a primeira vez que Ana Caroline entrou no Parque do Utinga, mesmo morando ao lado. “Eu moro no Curió desde criança, mas é a primeira vez que entro aqui e está sendo muito bom, pois além de aprender novas técnicas eu estou conhecendo o Parque e os meus vizinhos”, disse. Ela afirmou ainda aguardar com ansiedade a inauguração oficial, quando poderá expor suas fotografias. “Vai ser muito legal porque todo mundo vai ver o nosso trabalho aqui”, finalizou.

Tão ansioso quanto Caroline, o estudante Ramon Barreiros, 20 anos, também está entusiasmado. Ele conta que esta é sua primeira experiência com uma câmera profissional e que tem se identificado bastante com todo o processo da fotografia. “Está sendo uma oportunidade única mesmo estar aqui. São muitas técnicas que eu não conhecia e a melhor coisa é poder usar isso no celular. Aqui eu descobri que realmente não sabia fotografar e que tenho muitas possibilidades pra fazer uma foto que seja mesmo boa”, afirmou.

Um dos primeiros facilitadores das oficinas do Projeto Biizu, Sidney Oliveira é hoje parte da equipe de fotógrafos da Secretaria de Comunicação do Pará (Secom). “Os alunos são todos muito curiosos, interessados. Fazem muitas perguntas e isso é o que dinamiza a oficina, pois é com a participação deles que direciono melhor as técnicas. Está sendo uma das melhores oficinas que já ministrei com o Biizu”, acredita o fotojornalista.

Direcionada exclusivamente aos moradores do entorno do Parque, esta foi a primeira de uma série de oficinas que o Projeto Biizu realizará no bairro ao longo do semestre. O coordenador desta ação do Biizu, Felipe Braun, explica que já estão sendo agendadas novas atividades tanto para a Comunidade Pantanal, quanto para as demais que estão no entorno do PEUT. “Nós vamos trazer ainda oficina de audiovisual e novas turmas de fotografia aqui para as comunidades. A parceria com os moradores está sendo fundamental para que isso aconteça”, ressaltou.

A oficina de fotografia do Projeto Biizu para a Comunidade Pantanal, no Curió-Utinga, encerra na próxima sexta-feira (9). No próximo dia 17 o resultado será exposto em foto-varal durante a reabertura do Parque do Utinga.

O Projeto Biizu é uma ação da Diretoria de Comunicação Popular e Comunitária da Secom e desde 2011 atua em comunidades de Belém e demais regiões do Pará.
Outras informações no site: www.biizu.com.br ou pelo fone: 3202-0925.

Por Danielle Franco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2018 Projeto Biizu. Todos os direitos reservados.
DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO REGIONAL E COMUNITÁRIA